Pedivela – Escolha o mais correto para sua bicicleta

Muitos ciclistas tem essa dúvida ao escolher um pedivela para a relação da sua bike. Alguns preferem até mesmo confiar na opinião de algum mecânico de confiança. Porém existe aquela velha frase: “se quer bem feito faça você mesmo”. Com a nossa magrela não seria diferente não é mesmo? Por isso, hoje no LiverMoreBMX iremos abordar esse assunto um pouco mais afundo.

Se você tem o mínimo de conhecimento à respeito das leis da física, já deve ter ouvido falar sobre o ‘efeito alavanca’. Basicamente quanto mais longo for o braço de alavanca menos esforço será preciso para exercer movimento sobre o objeto. Será que também é assim no pedivela?

Aplicando as leis da física no pedivela

O comprimento do pedivela é medido contando a partir do centro onde vai o encaixe no movimento central, até a outra ponta que posteriormente serão encaixados os pedais. Sendo assim, podemos ter uma noção do que acontece quando aplicamos o efeito de alavanca neste componente tão importante.

O comprimento do pedivela é medido contando a partir do centro
O comprimento do pedivela é medido contando a partir do centro

Acontece que no ciclismo essa teoria não exerce tanto impacto, visto que há outras métricas responsáveis por um bom desempenho. A quantidade de dentes na coroa e no cassete bem como as condições fisionômicos do próprio ciclista interferem. Por exemplo: condicionamento e fortalecimento físico, coordenação motora, comprimento da perna e mobilidade do tornozelo são fatores que influenciam ainda mais.

Existem dois pontos mortos na hora da pedalada que são o ponto alto e o ponto baixo. Quando o ciclista exerce força de movimento nessas posições do pedivela ela é subitamente anulada. Isso acaba por não gerar uma força significativa para o impulsionamento da bike. Para resolver esse problema as fabricantes estão investindo pesquisas em pedivelas ovais. Eles tem por objetivo fazer com que esse movimento seja melhor distribuído.

Escolhendo um bom pedivela

Em vista do constante aumento no número de adeptos ao ciclismo, várias marcas vem surgindo no mercado com propostas inovadoras para o esporte. Mesmo assim a marca que domina boa tarde desse ramo continua sendo a Shimano. O pedivela shimano é até hoje considerado uma verdadeira obra de arte pelos praticantes do ciclismo.